Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

Eu educo meus filhos - Marcele Alencar

Eu educo meus filhos para que eles saibam que ter comida na mesa, num mundo em que tem gente passando fome, é um privilégio.
Eu educo meus filhos para que eles entendam que estudar em escola particular, num país de escolas sucateadas e de pouco investimento na educação pública, é privilégio.

Eu educo meus filhos para que eles saibam que estudar inglês, fazer artes marciais, aulinha extra de robótica e programação, curso avançado de matemática e interpretação de textos e aulas de instrumentos musicais é privilégio.
Eu educo meus filhos para que eles saibam que ter dinheiro para cineminha, parque de diversões, livros e gibis, internet e tv a cabo em casa é um privilégio e é um luxo.
Eu educo meus filhos para que eles saibam que poder viajar é um luxo raro e um grande privilégio.
Eu educo meus filhos para que eles saibam que o dinheiro é importante, mas não é a razão da nossa vida. Ele promove o básico e alguns luxos, mas mais importante é ter quem vale a pena por perto.
Eu educo meus f…

Se eu fosse mulher gostaria de ter escrito isso*

Parabéns por ganhar menos! Parabéns por ser constantemente molestada e assediada na rua, nas festas, no shopping, em qualquer lugar e a qualquer hora! Parabéns por exigirem que seja super bonita, super magra, super mãe, super profissional, super cuidadosa, super amorosa, super doce, super apoio, mesmo te pagando menos e mal, mesmo te impondo jornadas triplas, mesmo te sugando toda energia! Parabéns por exigirem que siga o padrão hetero, bela, recatada e do lar! Parabéns pela falta de respeito, pela ausência de tato, por te chamarem de louca, bruta e dizerem que sua reação - qualquer reação: choro, grito, estresse... - é falta de pica! Parabéns por só acreditarem no seu valor se existir um homem ao seu lado! Parabéns por todas as vezes que disseram: "assim, nunca vai ter ninguém que te queira"! Parabéns por apanhar da vida e de outras pessoas que acham que são seus donos! Parabéns por morrer em defesa da honra de um macho traído! Parabéns por ser sempre traída e obrigada a a…

HOMBRES NECIOS - por Juana Inés de la Cruz (tradução livre)

Hombres necios que acusáis
a la mujer sin razón,
sin ver que sois la ocasión
de lo mismo que culpáis.

Homens néscios que acusais
à mulher sem razão,
sem ver que sois a ocasião
daquilo que a culpáis

Si con ansia sin igual
solicitáis su desdén,
¿por qué queréis que obren bien
si las incitáis al mal?

Se com ânsia sem igual
solicitais seu desdém,
por que quereis que façam bem
se as incitais ao mal?

Combatís su resistencia
y luego con gravedad
decís que fue liviandad
lo que hizo la diligencia.

Combateis sua resistência
e logo com gravidade
dizeis que foi leviandade
o que fez a diligência.

Parecer quiere el denuedo
de vuestro parecer loco
al niño que pone el coco
y luego le tiene miedo.

Parecer quer a ousadia
de vosso parecer louco
à criança que põe o coco
e logo dele tem medo

Queréis con presunción necia
hallar a la que buscáis,
para pretendida, Tais,
y en la posesión, Lucrecia.

Quereis com presunção néscia
achar à que buscais,
para pretendida, Tais,
e na possessão, Lucrécia.

¿Qué humor puede ser más raro
que el que, falto de …

Quem morre? - Pablo Neruda

Morre lentamente
quem se transforma em escravo do hábito,
repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca
Não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente
quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente
quem evita uma paixão,
quem prefere o negro sobre o branco
e os pontos sobre os "is" em detrimento de um redemoinho de emoções,
justamente as que resgatam o brilho dos olhos,
sorrisos dos bocejos,
corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente
quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,
quem não se permite pelo menos uma vez na vida,
fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente
quem não viaja,
quem não lê,
quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente
quem destrói o seu amor-próprio,
quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente,
quem passa os dias queixando-se da sua má sorte
ou da chuva inces…

“Deixe de bobeira, companheira. Sou eu.” - Elika Takimoto

Imagem
Estava eu lendo as mensagens que recebo inbox (são inúmeras e não dou conta de responder todas) quando vejo a de uma moça dizendo que trabalha no Instituto Lula e gostaria de conversar comigo sobre um texto que escrevi cujo link para quem não viu segue aqui:
https://elikatakimoto.com/…/24/prometo-nao-tocar-no-assunto/
A moça que se chama Gabriella pediu meu telefone. Dei uma estalqueada de leve nela para saber com quem estava conversando e se poderia fornecer meu número. Vi várias fotos no perfil dela com o Lula. Quem tira foto com o Lula não pode ser má pessoa, pensei. Quem acreditou e acredita nele torce para que a desigualdade social diminua, fica feliz em ver negros em universidades e pessoas saindo da linha da miséria. Então, concluí, ela tem cara de quem vai fazer um bom uso do meu telefone e do meu voto de confiança.
Em menos de cinco minutos o telefone tocou.
– Elika, Gabriella do Insititulo Lula. Um minuto que vou transferir sua ligação.
– Ok. – respondi pacientemente.
– Alô, …