Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Que Papa esperar que não seja um Bento XVII?

em 15/02/2013
Dei generosamente uma entrevista à Folha de São Paulo que quase não aproveitou nada do que disse e escrevi.Então publico a entrevista inteira aqui no blog para reflexão e discusão entre os interessados pelas coisas da Igreja Católica.As perguntas foram reordenadas: Lboff
************************************
1.Como o Sr. recebeu a renúncia de Bento XVI?
R/ Eu desde o principio sentia muita pena dele, pois pelo que o conhecia, especialmente em sua timidez, imaginava o esforço que devia fazer para saudar o povo, abraçar pessoas, beijar crianças. Eu tinha certeza de que um dia ele, aproveitaria alguma ocasião sensata, como os limites fisicos de sua saúde e menor vigor mental para renunciar. Embora mostrou-se um Papa autoritário, não era apegado ao cargo de Papa. Eu fiquei aliviado porque a Igreja está sem liderança espiritual que suscite esperança e ânimo. Precisamos de um outro perfil de Papa mais pastor que professor, não um homem da instituição-Igreja mas um representa…

Dom Leonardo Ulrich Steiner: "Precisamos ser discípulos-missionários para o mundo”

Imagem
ESPIRITUALIDADE E MISSÃO Secretário da CNBB convoca os jovens a serem MENOS OBJETIVOS quanto às definições daquilo que queremos compreender.
O secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner, provocou os membros da Pontifícia Obra da Propagação da Fé a se esforçarem pelo discipulado missionário.
Ele deu início na manhã desta sexta-feira, 14, às atividades da 5ª Assembleia da Pontifícia Obra da Propagação da Fé que reúne membros de todos os estados do país. Com o tema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações (Mt 28, 19)” ele foi enfáticoquanto à mensagem do Evangelho.
“Precisamos ser discípulos-missionários para o mundo. Essa iniciativa é necessária e urgente por que somos anunciadores e nossa tarefa é ir por todo o mundo e anunciar a Boa Nova a toda criatura, conforme nos pede a Palavra de Deus”, exortou dom Leonardo. O prelado aprofundou sua reflexão em quatro pontos: espiritualidade, missionaridade, jovialidade e Deus que habit…