Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Imagens que dizem muito...

Imagem

Torturadores de palavras

Imagem
Olha que história sensacional recebi por email: Judy Wallman é uma pesquisadora na área de genealogia nos Estados Unidos. Durante a pesquisa da árvore genealógica de sua família deu de cara com uma informação interessante. Um tio-bisavô, Remus Reid, era ladrão de cavalos e assaltante de trens. No verso da única foto existente de Remus (em que ele aparece ao pé de uma forca) está escrito: “Remus Reid, ladrão de cavalos, mandado para a Prisão Territorial de Montana em 1885, escapou em 1887, assaltou o trem Montana Flyer por seis vezes. Foi preso novamente, desta vez pelos agentes da Pinkerton, condenado e enforcado em 1889.”
Acontece que o ladrão Remus Reid é ancestral comum de Judy e do senador pelo estado de Nevada, Harry Reid. Então Judy enviou um email ao senador solicitando informações sobre o parente comum. Mas não mencionou que havia descoberto que o sujeito era um bandido.A atenta assessoria do Senador respondeu desta forma:
“Remus Reid foi um famoso cowboy no Território de Mon…

Depoimento para uma liderança jovem (e marista) do Escalada

Imagem
Há alguns dias fui contactado por uma jovem amiga de Tiago (ex-coordenador PJM Marista Canela - Salvador) que me pedia um depoimento sobre o rapazinho. Ele participaria daqueles encontros com lideranças jovens em que recebem de surpresa depoimentos escritos de pessoas que passaram na vida deles. Fiquei feliz pelo convite, por fazer o depoimento e por ter escrito o que escrevi. Mais feliz ainda pelo retorno que ele me deu. E que coloquei depois do meu depoimento.

Adolescentes. 2007. Viagem de um grupo de jovens recém-iniciado na escola para, de cara, um encontro regional desse projeto em Recife-PE. A verdade é que aquilo era uma aventura, uma aposta. Contaríamos com esses pimpolhos para fazer aquele grupo de jovens vingar, de verdade, "depois"? Só "depois" saberíamos. Idade média: 13 anos. Imaginem o trabalho que deu...
Bem, a novidade não era o trabalho que tínhamos com aquela meninada do bem, mas "meninada" de qualquer maneira. Desde as longas doze hora…

Sobre o caso Rosemary e a lulofobia - Paulo Nogueira

Imagem
Lula é, certamente, o homem mais odiado pelo chamado 1%, para usar a já histórica expressão do Movimento Ocupe Wall St. (Para os 99%, o posto é de Serra, com o surgimento de uma concorrência potencial em Joaquim Barbosa, o Batman.)
É impressionante o júbilo com que é celebrada pelo 1% qualquer notícia que possa servir de munição contra Lula, o lulismo, o lulo-petismo e outras designações criadas pelos obsequiosos porta-vozes de um grupo pequeno mas barulhento que torce e trabalha para que o Brasil jamais se torne uma Dinamarca, ou uma Noruega, ou uma Finlândia.
São sociedades harmoniosas, não divididas entre 1% e 99%, como o Brasil. Apenas para registro, o Brasil campeão mundial da desigualdade – com todos os problemas decorrentes disso, a começar pela criminalidade – foi obra exatamente deste grupo.
O Estado brasileiro foi durante décadas uma babá do 1%. Calotes em bancos públicos eram sistematicamente aliviados em operações entre amigos – mas com o dinheiro do contribuinte. Cresci,…

Imagens que dizem muito...

Imagem

Imagens que dizem muito...

Imagem

Mainardi + Luciano Pires x J. Braga

Braga, seu ódio ao Mainardi faz você trocar as mãos pelos pés.
Onde é que eu comparei Mainardi a Chico, Stone, Wagner e Lago? Por favor, reproduza a comparação que eu fiquei curioso. Sua argumentação é interessante... se eu disser que o Zé das Couves tomou um tiro e morreu e que Gandhi também tomou um tiro e morreu, estou comparando o Zé das Couves com Gandhi. Tá bem.
Quer dizer que se o Diogo Mainardi for um excelente cozinheiro e lançar um livro sobre culinária você não vai comprar pois o livro foi escrito por ele? Tá bem
E por qual razão ele deveria doar os ganhos com seu trabalho para uma entidade assistencial?
Sua posição é PRECONCEITUOSA, Braga, com todas as letras em maiúsculas.
Sobre Boff e Betto, acho que você já reparou que essas figuras não aparecem no Café Brasil, não é? Assim como outros ícones do esquerdismo também não. Se alguém me der um livro de algum deles sobre política, ideologia ou coisa parecida eu solenemente vou ignorar. Já tive a minha dose. Mas se for um livro de…

Mainardi não é poeta

Imagem
Há alguns dias o Portal Café Brasil (PCB) lançou uma promoção, como costuma fazer, no facebook. O prêmio anunciado: um livro de Diogo Mainardi. Para quem não sabe (e muita gente não sabe), Mainardi fez, durante anos (2002 a 2010), o papel de leão-de-chácara da revista Veja (hoje a cargo de Reinaldo Azevedo, o blogueiro da família brasileira), depois de não mais dar conta da coluna de arte e cultura. Optou, então, por algo mais fácil: falar mal do Brasil e dos brasileiros, especialmente dos políticos. E ganhava por isso, imaginem, sem sequer ter concluído o ensino superior (mas filhinho de papai e com amigos influentes).
Sem o peso de editorial, mas impulsionadas pelos editores, as colunas de Mainardi ganharam notoriedade pelo fato de menosprezarem, ridicularizarem e, por vezes, xingarem pessoalmente seus inimigos ideológicos (e políticos), com acento agudo e estridente quando o alvo era Lula, seu anti-herói. Sem cerimônia e um pingo de respeito à pessoa humana (não necessariamente a…

Mensagem aos kanalenses no dia do PVnazo

Imagem
Essa mensagem foi postada no facebook por ocasião do PVnazo (dia da derrota do Fortaleza para o Oeste no mata-mata para subida à Série B 2013, de passagem para a Série A 2014, claro: porque time grande não acha que é relevante ser da segunda divisão). Os ânimos estavam mais exaltados e muita gente se atiçou...hushushus. Foi interessante. Kanalenses afetados. Objetivo cumprido. Rááá! ----------- Aos medíocres contumazes,
Meus últimos posts são para manifestar minha fidelidade ao melhor time do estado de José de Alencar: Fortaleza Esporte Clube. 
Ao longo do ano tenho sido um crítico ácido, destruidor de vaidades come-ovais e profeta da verdade sobre o time vizinho ao canal de esgoto de Porangabussú, vulgo Siará. O medíocre time do mascote já-morreu não tem a menor relevância em lugar nenhum do Brasil. Basta pisar o pé para além dos alencarinos limites estaduais para, como eu, comprová-lo. E seguirá sem ter, pois é constitutivo e manifesto em sua carniçal torcida a ilusão de que "e…

Un concierto para regalar esperanza - Entrevista de Pe. Bernardo Vergara

Imagem
Orquesta Filarmónica de Bogotá se presenta para apoyar a niños con VIH/sida. Por: CAROL MALAVER | 9:38 p.m. | 14 de Noviembre del 2012
El padre Bernardo Vergara, de la congregación eudista del Minuto de Dios, comenzó a trabajar con enfermos de sida en las calles del centro de Bogotá en 1988.
Por medio de la Fundación Eudes logró conseguir 19 lugares para fortalecer el trabajo social con las familias y eliminar la discriminación. Por tal razón, y en apoyo de dicha labor, hoy se llevará a cabo el 'Concierto por la infancia con VIH/sida', con la Orquesta Filarmónica de Bogotá, en el teatro mayor Julio Mario Santo Domingo (8 p.m.) a fin de recaudar fondos para la causa. Lo organizan Fátima Mckinley, Fanny de Sarmiento y Luz Ángela Sarmiento de Ardila.
¿Cómo llegó usted al Minuto de Dios?
Me trajo una amiga de la universidad. Me enamoré de la causa social y conviví 17 años con el padre Rafael García Herreros. Luego llegó una vida dedicada a las obras.
¿Qué le aprendió a García? 
El ej…

O que é Religião - Otto Maduro

Imagem
"Religião é uma estrutura de discursos e práticas comuns a um grupo social referentes a algumas forças (personificadas ou não, múltiplas ou unificadas) tidas pelos crentes com anteriores e superiores ao seu ambiente natural e social, frente às quais os crentes expressam certa dependência (criados, governados, protegidos, ameaçados etc.) e diante das quais se consideram obrigados a um certo comportamento em sociedade com seus 'semelhantes'."

Palavras Vulcânicas 39

"Não é oportuno a existência de Redes de Ensino e sim Redes de Educação (...) a crise não está na profissão [de professor] e sim no efetivo sentido que a sociedade atribui à educação."
Miguel Arroyo

Palavras Vulcânicas 38

"As pessoas mais simpáticas são as que genuinamente gostam de seres humanos. As mais antipáticas sentem medo deles e se colocam na defensiva.Os mais simpáticos sabem cativar os interlocutores com palavras, gestos adequados e cordiais. Os antipáticos têm gestual crítico e defensivo.Os simpáticos toleram bem conversas vazias e que não levam a nada. Os antipáticos só gostam de falar sobre os assuntos do seu real interesse.Pessoas simpáticas sentem prazer em seduzir e encantar enquanto que as antipáticas temem que isso implique continuidade nem sempre desejada."  Flávio Gikovate

Nota de José Dirceu após dosimetria de sua condenação a 10 anos e 10 meses

"Dediquei minha vida ao Brasil, a luta pela democracia e ao PT. Na ditadura, quando nos opusemos colocando em risco a própria vida, fui preso e condenado. Banido do país, tive minha nacionalidade cassada, mas continuei lutando e voltei ao país clandestinamente para manter nossa luta.
Reconquistada a democracia, nunca fui investigado ou processado. Entrei e saí do governo sem patrimônio. Nunca pratiquei nenhum ato ilícito ou ilegal como dirigente do PT, parlamentar ou ministro de Estado. Fui cassado pela Câmara dos Deputados e, agora, condenado pelo Supremo Tribunal Federal sem provas porque sou inocente.

A pena de 10 anos e 10 meses que a suprema corte me impôs só agrava a infâmia e a ignomínia de todo esse processo, que recorreu a recursos jurídicos que violam abertamente nossa Constituição e o Estado Democrático de Direito, como a teoria do domínio do fato, a condenação sem ato de ofício, o desprezo à presunção de inocência e o abandono de jurisprudência que beneficia os réus.

Imagens que dizem muito...

Imagem

O lugar da média

Imagem
Em artigo recente falei da Vergonha Alheia como ferramenta para audiência, com as várias mídias apelando para mostrar indivíduos em situações de constrangimento como forma de atrair o maior número possível de ouvintes, telespectadores e leitores. E recebi comentários dizendo que “é assim mesmo”, com aquela postura conformada que é o principal mal do Brasil.
Fazendo uma experiência a respeito dessa atração pelo irrelevante, publiquei uma postagem numa das mídias que domino, o Facebook, perguntando:
- Por onde você começa a comer a coxinha? Pela parte pontuda ou pela parte grossa? Em questão de minutos a postagem pegou fogo, recebendo centenas de curtidas, comentários e compartilhamentos, uma coisa de louco.
Esta semana fiz uma postagem seríssima tratando do fim do blog do jornalista Fabio Pannunzio. Era um blog de caráter político no qual Pannunzio fazia uma série de denúncias dando nomes aos bois e demonstrando sua independência de pensamento: foi processado pela “esquerda”, pela “di…

Vergonha alheia

Sigo com interesse o programa The Voice Brasil na Rede Globo. Programas de calouros são criação do rádio, muito anteriores ao surgimento da televisão. Existe até uma história muito saborosa envolvendo Elza Soares e Ari Barroso em 1950. Elza, com 13 anos de idade e um filho doente que viria a morrer de fome, foi como caloura ao programa que Ari apresentava na Rádio Tupi. Elza, uma menina pobre, magrinha e mal vestida, ao entrar foi recebida com uma pergunta pelo apresentador:
- De que planeta você vem, minha filha?
- Do planeta fome.
O resto é história.
Qualquer brasileiro que ouviu rádio ou assistiu televisão nos últimos 80 anos sabe o que é um programa de calouros. A pessoa acha que tem algum talento e se apresenta para um grupo de “jurados” que premiará ou punirá a performance. Não sei como era antes, mas lembro de vários programas, especialmente do Chacrinha, um dos que mais abusava dos calouros, levando pessoas sem qualquer talento para serem ridicularizadas em público. Aquilo er…

Pânico na Veja: o mensalão não deu voto, faltou combinar com o eleitor.

Quem não tem voto caça com Valério Paulo Moreira Leite
O alvoroço provocado pela notícia de que Marcos Valério pode ter informações comprometedoras contra Lula, Antônio Palocci e até sobre o caso Celso Daniel chega a ser vergonhoso.
Desde a denuncia de Roberto Jefferson que Valério tem demonstrado grande disposição para colaborar com a polícia.
Foi ele quem entregou a relação de 32 beneficiários das verbas do mensalão, inclusive Duda Mendonça.
Embora o julgamento tenha caminhado na base do “não é plausível”, “não poderia ter sido de outro jeito” e outras considerações pouco conclusivas e nada robustas, faltou combinar com o eleitor.
Conforme os advogados de um dos réus principais, ao longo do processo Valério fez quatro tentativas de oferecer novas delações em troca de uma redução de sua pena. As quatro foram rejeitadas.
O estranho, agora, não é a iniciativa de Valério, mais do que compreensível para quem se encontra numa situação como a sua. Não estou falando apenas dos 40 anos de pris…

! ou ?

Imagem