Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Oposição sem projeto. Oposição sem crédito.

Imagem

Ler a Bíblia é comprometer-se!

Imagem
Finalizando o mês da Bíblia, eis uma válida reflexão sobre a forma como estamos nos relacionando com a Palavra. O texto e de José Luiz Possato Júnior. -------------------------------- Ler pra quê?
De tudo o que passarei a discorrer agora, guarde principalmente isto: ler a Bíblia é comprometer-se. Não é que as outras coisas não tenham importância, mas tenho pressa de chegar ao que realmente interessa. Além disso, é como diz aquela canção sobre o profeta: “Tenho que gritar! Ai de mim, se não o faço!”
Irrita-me o falso zelo pela Bíblia. Dizem por aí que ela é a Palavra de Deus, que devemos reverenciá-la, que nela se encerra toda a Verdade etc. Mas o que vejo em nossos grupos é a sua leitura, muitas vezes, servindo apenas para iniciar as reuniões. Pensa-se garantir, assim, um momento de espiritualidade para introduzir os temas que “realmente interessam”. Em vez de colocá-la no centro das reflexões, servindo como um norte, um guia, fazem dela um “aperitivo a ser servido antes do prato principa…

Justiça do CE condena Colégio Ari de Sá por barrar aluno com cabelo 'moicano'

Imagem
Adolescente deve receber R$ 3 mil em indenização por "constrangimento". Advogado da escola diz que motivo foi indisciplina e não o cabelo.
Do G1 CE


Um adolescente de Fortaleza ganhou na Justiça direito a indenização de R$ 3 mil por ter sido proibido de entrar na escola usando corte de cabelo 'moicano'. A decisão da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), publicada na terça-feira (27), condena um colégio particular cearense a pagar ao aluno uma indenização por "constrangimento". A defesa diz que o aluno não entrou na escola por questões disciplinares e não pelo cabelo.
Segundo a ação, em 2004, o estudante vinha sendo repreendido pela coordenação do colégio devido ao seu corte de cabelo. Depois que o garoto foi proibido de ingressar na escola, a família dele resolveu entrar com processo requerendo indenização por danos morais.
Defesa “Vamos recorrer. Ele foi impedido de entrar por outro motivo”, diz o advogado do colégio, José Milton de Cerqueira.…

Merval Pereira e Sarney

Imagem
Merval Pereira, ativista do DEM (e comentarista político das organizações de Roberto Marinho, ainda que não haja problema para a Globo), recebe a espada de imortal da ABL de quem???

Ele...o "indiscutível" José Sarney.

Uma honra...

Na raça e na paz Dele,
J. Braga.

A paz é feminina? - Ruth de Aquino

Helena, Júlia, Nadine. Três mulheres a favor da tolerância religiosa e contra o absurdo da guerra. Helena Salem, judia sefardita, teve de se passar por árabe para cobrir a Guerra do Yom Kippur como jornalista, em outubro de 1973. Júlia Bacha dirigiu um documentário revelador sobre a resistência pacífica num vilarejo palestino, Budrus, que será lançado em DVD no Brasil em outubro. Nadine Labaki, libanesa cristã, ganhou no domingo passado o Festival de Toronto, com seu filme encantador numa aldeia remota onde uma mesquita e uma igreja ficam lado a lado.
“O que é ser judeu? E árabe? E judia com nome árabe? Que guerra é essa? Só pode ser assim?”, escreveu Helena Salem em seu belo livro Entre árabes e judeus, publicado em 1991. “O que faz com que me sinta tão próxima do soldado israelense como do egípcio? Será que eles não sabem que são tão parecidos? Como juntar aquela menininha que jurou nunca se casar na sinagoga com a mulher que agora assume uma identidade de árabe para poder circular l…

Que curso fazer?

Imagem
Com alguma regularidade sou perguntado por jovens e seus pais sobre que curso fazer, que escola buscar, que carreira abraçar. As pessoas me vêem palestrar e acham que minha experiência pode ajudar de alguma forma. É sempre uma responsabilidade imensa, pois naquele momento posso estar influenciando as escolhas e o futuro das pessoas. Dá medo.
A maioria absoluta quer cursar publicidade e propaganda, talvez pelo “glamour” que o estereótipo do publicitário criativo, rico e poderoso tem no imaginário dos jovens, não é?
Respondo: se você tem condições, busque a melhor escola disponível, mesmo que custe mais caro, que exija mais, que seja mais complicada. Ah, mas toda escola é igual! Não é. Nem dentro nem fora da sala de aula. Na escola você começa a construir os relacionamentos que serão úteis no futuro em termos profissionais e quanto melhor a escola, mais chance de construir amizades profissionalmente importantes. Mas por questões de grana, tempo e disponibilidade física nem sempre é poss…

É muito imposto, meu Deus!

Imagem
Não sei você. Mas o que meu salário é corroído por imposto não tá no gibi. Depois que li esse texto quase que escrevo pra Dilma colocar a reforma tributária urgente em votação na Câmara e Senado. Deu um desespero...a gente tem que fazer alguma coisa! Sem ressentimento passivo. Só participação ativa mudará isso!
O importômetro - Luciano Pires
A Associação Comercial de São Paulo instalou no centro financeiro da cidade um grande placar luminoso chamado Impostômetro. O placar mostra em tempo real a quantidade de dinheiro arrecadada em impostos no país. No dia 13 de setembro de 2011 chegou à marca de R$ 1 trilhão no ano. Quer ver quanto é um trilhão? É isto: R$ 1.000.000.000.000,00...
A marca foi atingida 35 dias mais cedo que em 2010, indicando aumento de velocidade na arrecadação. Estimativas calculam que o brasileiro trabalha cerca de 150 dias por ano apenas para pagar impostos.
Um material que circula pela internet, chamado CARREGANDO O ELEFANTE, tem um raciocínio interessante logo na aber…

O que não fazer numa reunião? Destruir

Críticas, confrontos e apreço - Luciano Pires
Em 2003, cinco alpinistas montaram um acampamento no extremo sul da Terra do Fogo, num dos lugares mais inóspitos do planeta. O objetivo era escalar o Monte Sarmiento, uma montanha pouco explorada, com cerca de 2400 metros de altura, famosa por sua beleza e perigo da escalada.
O resultado da aventura foi o filme Extremo Sul, que é excelente e merece ser visto. Um momento é especialmente tenso: quando às vésperas da escalada o time se reúne para discutir as estratégias de ataque à montanha. No meio da discussão um dos alpinistas argentinos muda o destino da expedição ao manifestar suas preocupações, lançando dúvidas sobre a capacidade da equipe de escalar a montanha e afirmando que não seguiria em frente. A surpresa da equipe ao ouvir aquela voz dissonante e negativa foi seguida por uma discussão acalorada e pela destruição da harmonia entre o grupo, que acaba desistindo da escalada. O filme mostra as opiniões de cada um, sem ser conclusivo. …

Criatividade faz (muita) diferença!

Imagem

Estilo "DEM"

Imagem

Rock in Rio: Eu vou...

Imagem

Inquérito conclui que repórter de Veja tentou invadir quarto de Dirceu

Imagem
“HOUVE MESMO TENTATIVA DE INVASÃO A DOMICÍLIO”, DIZ DELEGADO LAÉRCIO ROSSETO; INQUÉRITO SERÁ ENCAMINHADO A JUIZADO CRIMINAL DE BRASÍLIA; PENA: TRÊS MESES DE PRISÃO
Evam Sena_247, em Brasília – A investigação policial sobre a tentativa de invasão de uma suíte ocupada pelo ex-ministro José Dirceu por um repórter da revista Veja acaba de ser concluída. O chefe da 5ª Delegacia de Polícia Civil do Distrito Federal, Laércio Rosseto, chegou à conclusão que o jornalista Gustavo Ribeiro realmente tentou violar a suíte ocupada pelo petista no Hotel Naoum Plaza, em Brasília, no dia 24 de agosto de 2011. “O jornalista alega que a intenção era a de verificar se o alvo de sua reportagem estava mesmo hospedado no hotel, mas também admitiu que tentou entrar em um ambiente privado”, disse o delegado ao 247.
Rosseto colheu depoimentos de Dirceu e do repórter, além da camareira para quem Gustavo pediu que abrisse o quarto, e, também, do responsável pela segurança do hotel. O resultado da investigação, apo…

Mais que um anti-carniça, sou Fortaleza!

Imagem
Sou Flamengo. Todo mundo sabe disso. Minha paixão rubro-negra começou nos idos de 1992, ano do Penta, com inesquecíveis atuações de Júnior, o Leovegildo. Mas já escrevi sobre isso.  Tenho outro time do coração, porém. Experimento algo parecido ao que dizem as avós quando passam a ter mais de um neto: "amor não se divide, se multiplica!"
Aqui quero registrar minha paixão futebolística cearense, da minha terra, das minhas raízes: Fortaleza Esporte Clube, o Tricolor de Aço!!! Antes de qualquer coisa, preciso ser honesto. Foi uma paixão tardia, que começou até meio sem querer, tipo namoro "se rolar, rolou". Mas se tornou séria e fiel. Verdadeiro casamento: na saúde e na doença. Meu irmão costuma encher o saco (pra variar) dizendo que virei a casaca. Que torcia Ferroviário e depois que passei a ser Fortaleza. Ele só não fala que, na mesma época, ele era são-paulino e fluminense roxo. Daqueles que levava radinho de pilha pra ouvir jogo no meio da missa. Ceará Sporting Clu…

Interações entre Ciência e Religião

Entrevista com Dr. Frank Usarski, Professor no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião na PUC/SP
Como o senhor define religião?
R: O que nós chamamos de “religião” tem se manifestado, no decorrer da história e em todas as partes do mundo, em diversificações e diferenças múltiplas. De acordo com essa complexidade não considero adequado pensar em uma definição fechada de religião e opto por um conceito aberto capaz de superar um entendimento pré-teórico que generaliza fenômenos religiosos, sobretudo os de origem cristã, com os quais nós estamos culturalmente acostumados. Isso é somente necessário por que, por exemplo, para chineses, hindus e muçulmanos nem existem sinônimos em suas línguas que correspondam exatamente com nosso termo religião. A partir dessas considerações meu conceito de religião contém quatro elementos: Primeiro, religiões constituem sistemas simbólicos com plausibilidades próprias. Segundo, do ponto de vista de um indivíduo religioso, a religião caracteriza-s…

Sobre Ciência e Religião - André Camargo

Imagem
Respeito Ciência e também respeito Religião. Aliás, mais do que respeito, são criações humanas que me encantam – e pratico ambas. Só não tenho paciência com cientistas (ou pseudo-cientistas) que se comportam como fanáticos religiosos nem com religiosos (ou pseudo-religiosos) que tratam as verdades da fé como verdades científicas. Acho estranho um cientista atacar a religião, assim como me parece bizarro religiosos que desacreditam fatos revelados pelo método científico. 
É igual aos skinheads que espancam homossexuais – porque se sentem ameaçados na própria orientação sexual. Quando vejo algo assim, portanto, já desconfio da cientificidade do cientista ou da religiosidade do religioso, assim como desconfio que a truculência do careca esteja escondendo alguma coisa. 
Em suma, opor ciência a religião é uma grande bobagem. Cada qual tem sua esfera de validade e uma coisa não exclui a outra. Não há relação de dependência, nem antagonismo, mas de complementariedade. Se eu estiver precisando …

Quer emagrecer com saúde? Não leia a Veja.

Imagem

Charge: politicamente incorreto

Imagem

Quando não vale a pena insistir num relacionamento

Imagem
O amor bom é facinho - Ivan Martins
Há conversas que nunca terminam e dúvidas que jamais desaparecem. Sobre a melhor maneira de iniciar uma relação, por exemplo. Muita gente acredita que aquilo que se ganha com facilidade se perde do mesmo jeito. Acham que as relações que exigem esforço têm mais valor. Mulheres difíceis de conquistar, homens difíceis de manter, namoros que dão trabalho - esses tendem a ser mais importantes e duradouros. Mas será verdade? 

Eu suspeito que não. 
Acho que somos ensinados a subestimar quem gosta de nós. Se a garota na mesa ao lado sorri em nossa direção, começamos a reparar nos seus defeitos. Se a pessoa fosse realmente bacana não me daria bola assim de graça. Se ela não resiste aos meus escassos encantos é uma mulher fácil – e mulheres fáceis não valem nada, certo? O nome disso, damas e cavalheiros, é baixa auto-estima: não entro em clube que me queira como sócio. É engraçado, mas dói.

A prisão da identidade - Eliane Brum

Imagem
Antes, a pergunta que determinava nosso lugar no mundo era: “De que família você é?” ou “Qual é o seu sobrenome” ou “Você é filho de quem?”. Depois, a pergunta migrou para: “O que você faz?”. Tanto que, junto ao nome, em qualquer matéria jornalística, segue a profissão e, de preferência, a filiação profissional. Não é mais a filiação paterna, mas sim a filiação da instituição ou da empresa que confere legitimidade a um indivíduo e o autoriza a falar e a ser escutado. “O que você faz?” ou “Onde você trabalha?” é também a segunda ou a terceira pergunta que você escuta de quem acabou de conhecer em uma festa ou evento social. Só não é a primeira porque ainda faz parte da boa educação se apresentar pelo nome antes, ou fazer algum comentário sobre a qualidade da comida ou qualquer outra banalidade. A questão que se impõe, antes ou agora, é a mesma: a partir de que lugar você fala. A partir do lugar de onde alguém fala, prestamos atenção ou não naquilo que diz. O lugar de onde falamos é, po…

Um viva para o Copom - Antônio Delfim Netto

por VALOR ECONÔMICO - 06/09/11
A indignada e quase raivosa reação de alguns analistas, que se supõem portadores da "verdadeira" ciência monetária, à recente decisão do Copom, de baixar 50 pontos na Selic, revela que, para eles, a sacrossanta "independência" do Banco Central só é reconhecida quando esse decide de acordo com os conselhos que eles, paciente, gratuita e patrioticamente, lhe dão todos os dias, através da mídia escrita, radiofônica e televisiva.

Qualquer desvio só pode ser atribuído e explicado pela "pecaminosa" intervenção do governo que teria jogado a toalha: abandonou a "meta de inflação" e colocou em seu lugar a "meta de crescimento do PIB", não importa a que "custo inflacionário"...

Trata-se, obviamente, de uma acusação irresponsável, injusta e arrogante.

Sinceridade adolescente

Imagem

Evolução da Descrição do Blog

Um blog é uma espécie de caverna particular em que se pode refugiar e, rupestremente, pintar as paredes com experiências e aprendizados dignos de registros. Pode-se também ir a essa caverna apenas soltar uns bons gritos para desestressar. Ocasionalmente, alguém escuta o barulho. E ecoa. Nem sempre concordo com a opinião exposta nos textos que posto. Mas, se o faço, é porque me fizeram mudar o olhar sobre alguma coisa. Uma inclinação a ter sempre mente e coração abertos. Isso, me parece, é se manter jovem. Esteja à vontade. A caverna é sua! (Setembro de 2011)

Como escrever um texto que preste

Imagem
Gosto de ler. Faz algum tempo, comecei a escrever. Cada aprendizado que faço (geralmente pela leitura e/ou observação do cotidiano) me provoca uma necessidade de registrar conceitos, ideias, ensinamentos. Aprender é delicioso, mas me parece que as descobertas restritas ao mero "pensar" não se sustentam sem registro palpável. Ou melhor, escrito. Senão passa e a gente esquece. 
Meu filho foi um dos causadores dessa nova forma de me relacionar com aprendizados. Já contei isso em outro texto. Não queria deixar passar, sem mais, os encantos dele (e os meus) com cada descoberta que fazia. Como toda criança de dois anos, ele, quando aprende algo novo, se surpreende com ênfase. Sabe aquela tomada de ar de susto (sem ser susto), com olhar arregalado e sorriso no rosto?! Pois é. Não que, adulto, alguém precise manter os mesmos olhares e suspiros, mas perder o encanto em aprender...jamais! Escrever, então, oxigena o cérebro, retroalimenta descobertas. E, muitas vezes, oferece profundida…