Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Reflexões de período eleitoral - II

Imagem
Veja que as ilustrações que usei não apontam exatamente para uma concepção de "esperança", apesar de que ela não me desagrade. A esperança está presente, mas o sentido entendido por mim transborda essa acepção. A criança que entende o sentido da existência de um único botão vermelho do controle remoto que liga e desliga o televisor (e se refastela de alegria!) tem um aprendizado cognitivo não necessariamente movido a esperança, nem de busca por segurança. A criança busca o sentido das coisas para se relacionar e comunicar melhor, ainda que seja apenas com aquela "coisa".

Reflexões de período eleitoral - I

Em educação, diz-se que a aprendizagem se dá quando, no processo de interlocução entre sujeitos educadores e educandos, aquilo que é trazido pelos docentes para o espaçotempo escolar adquire "sentido" para os estudantes - de forma especial no sagrado chão da sala de aula.
A criança quando aprende algo novo se surpreende com ênfase. Sabe aquela tomada de ar de susto (sem ser susto), com olhar arregalado e sorriso no rosto?! Tenho presenciado muito isso com meu filhinho de 1 ano e seis meses. No fundo, a experiência dele é a de todos nós quando se acende aquela luzinha do "eureca!". Com o tempo, porém, vamos perdendo esse encantamento e reagindo com menor empolgação.